Imagens Falantes

instalação sonora_visual para 1 alto falante e 2 telas de projeção


Imagens falantes é uma instalação sonora_visual que transforma a captura em tempo real de sons urbanos em composições imagéticas constituídas pelos movimentos de um alto falante “preparado”. a instalação consiste na projeção das (in)finitas configurações de miçangas colocadas no cone de um alto falante.

 

Imagens Falantes foi exibida no Centro Cultural SESC Palladium como parte do Programa "Palladium Projeta".

 

SESC Palladium

Belo Horizonte

Brasil

julho de 2020.
 

Isso que Pulsa

vídeoinstalação em 9 telas e sistema de som 5.1, 2'25'', loop, dimensões variáveis


Energeticamente, existe diferença entre a vida e uma natureza morta? Se não, uma natureza morta pulsa? Por que a ausência de vida gera simultaneamente repulsa e atração em nós? Nosso destino é uma natureza morta?

 

Isso que Pulsa foi concebida pela artista visual Juliana Stringhini e tem trilha e desenho de som criado por Daniel Nunes. a obra foi vencedora do prêmio do Juri no Splice Film Fest em 2019.

 

Splice Film Fest

New York

Estados Unidos

maio de 2019.
 

Memorias auditivas: una cartografía sonora del Mercado San Roque

instalação sonora para 4 alto falantes (sistema quadrifônico)


"Grabar la calidad sonora del Mercado San Roque y presentarla al público, trabajada y descontextualizada, es componer un punto de partida de la perspectiva que busca propiciar otras significaciones de los lugares, (re)constituciones de memorias, arreglo de dinámicas y sus especificidades."

 

Memorias auditivas foi uma instalação sonora exibida no Centro de Arte Contemporáneo de Quito como  resultado do programa de residência artística ArteFatcto Sonoro em Equador.

 

Centro de Arte Contemporáneo

Quito

Equador

outubro de 2018.
 

Um ouvir sobre o Mercado Central de Belo Horizonte

instalação sonora para 18 alto falantes


Um ouvir sobre o Mercado Central de Belo Horizonte nasceu do desejo de viver e apreender o Mercado tendo como ponto de partida, os sons que o compõem. o seu peculiar mapa interno, favorece leituras das mais diversas para a produção de significados que o constroem. dentre estas várias possibilidades de produções, a pesquisa de Daniel propôs (re)compor o Mercado Central a partir de uma percepção artística elaborada a partir de sua cartografia sonora.

a instalação sonora exibida no Almeida Centro de Inspiração foi o projeto de finalização da tese de mestrado na Universidade do Estado de Minas Gerais.

 

Almeida Centro de Inspiração

Belo Horizonte

Brasil

outubro de 2017.
 

Zero Hidrográfico

performance/instalação sonora para 4 alto falantes (sistema quadrifônico)


performance/instalação sonora criada a partir da obra “Zero Hidrográfico” da dupla Gisela Motta e Leandro Lima que foi exibida entre os meses de março e abril de 2016 nos porões da Red Bull Station em São Paulo.

gravações de campo de como encontramos águas em seus diversos contextos nas cidades - "rios enclausurados" (aqui uma menção ao lindo trabalho de Marco Scarassatti), bicas, pingos, chuvas, tubulações e várias outras maneiras de escutá-las - manipuladas, "tocadas" e improvisadas pelxs colaboradorxs. Daniel espacializou todos os sons em tempo real em um sistema de 4 alto falantes. 

 

em parceria com xs artistas sonorxs, Bruno Abdala (Propósito Recs e Kinah Hamilton), João Millet Meirelles (Baiana System e Infusão), Paula Rebellato (Rakta e Acavernus) e THNGMJX, a performance/instalação foi um dos resultados da residência artística Pulsø na Red Bull Sataion em São Paulo.

Red Bull Station

São Paulo

Brasil

abril de 2016.

Floresta Sonora - O Que Queremos Para o Mundo?

instalação sonora para 2 alto falantes (sistema estéreo)


sensores em uma samambaia conseguem "sentir" quando pessoas passam por suas folhas. a instalação "Floresta Sonora" é uma das partes que compõe a exposição "O Que Queremos Para o Mundo?". OQQPM? é um projeto artístico_educacional idealizado pelo artista visual Igor Amin. a exposição circulou por várias cidades, escolas e Centros Culturais do Brasil.
 

Espaço Cultural Correios

Juiz de Fora

Brasil

novembro de 2015.
 

Reações Visuais

instalação audiovisual para 3 telas (projeção) & 4 alto falantes (sistema quadrifônico)


software de análise espectral sonora, transforma ruídos da cidade em imagens digitais da Mata Atlântica. em termos técnicos, ondas sonoras podem ser captadas e representadas visualmente por diferentes métodos, como uma operação matemática que decompõe o sinal em suas frequências constituintes.

a instalação Reações Visuais é uma parceria com o arquiteto Leandro Araújo e foi exibida através do programa Rumos Arte Cibernética no Itaú Cultural.

Itaú Cultural

São Paulo

Brasil

julho de 2011.
 

Furores Abstratos

instalação audiovisual para projeção mapeada & 4 alto falantes (sistema quadrifônico)


"Eu, naquele verão, estava tomado de furores abstratos"

essa frase, adaptada do romance Conversa na Sicília (1940) de Elio Vittorini, foi o disparo para a instalação audiovisual que integrou a programação do 8º Verão Arte Contemporânea no Centro Cultural Banco do Brasil em Belo Horizonte. Furores Abstratos foi uma parceria com o músico Francisco Cesar e a artista visual Priscila Amoni.

Centro Cultural Banco do Brasil

Belo Horizonte

Brasil

janeiro de 2011.

  • Grey Bandcamp Ícone
  • Grey SoundCloud Ícone
  • Grey Spotify Ícone
  • Ícone do Instagram Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • Ícone do Vimeo Cinza
  • Ícone cinza LinkedIn